Dicas para espantar formigas

Saiba como evitar que estes insetos indesejáveis estraguem a sua casa e o seu jardim.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagens1/top-espaco.gifNo interior da casa
Para remover ninhos dentro de casa como os das formigas lava-pés joga-se, no caso, uma solução de metade água, metade água sanitária.

Com uma seringa, aplique a mistura nos furos e posteriormente, feche-os com parafina, cimento ou sabão.

O coentro e as pimentas em geral podem ser usados dentro de casa sob a forma de sachês amarrados às plantas.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagens1/top-espaco.gifCantos dos armários 
A sugestão é distribuir punhados de cravo-da-índia, folhas de louro, cascas de limão ou de tangerina, que possuem óleos essenciais repelentes, embalados em gaze ou tule.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagens1/top-espaco.gifDentro do açucareiro
  Pode-se colocar um sachê feito com gaze e cravo-da-índia. É necessário fazer a troca a cada duas semanas, para que o cheiro não se dissipe.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagens1/top-espaco.gifEm hortas
  O plantio de folhas repelentes, principalmente cebolinha verde, menta, lavanda, manjerona, alho, coentro e losna em todo o contorno, costuma ser bem eficaz.

 Sementes de gergelim espalhadas no canteiro ou no caminho das formigas também costuma dar bons resultados.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagens1/top-espaco.gifEm arbustos e árvores
 Amasse bem algumas pimentas vermelhas, até fazer um suco grosso. Molhe um pano neste suco e amarre em volta do caule da planta ou pincele o tronco.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagens1/top-espaco.gifNo canteiro de flores
 Borrife suco de limão na entrada do formigueiro.
 

 


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br. Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Comentários
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *