Como se organizar com o cartão de crédito

A cada dia é mais simples obter um cartão de crédito. Você deve ter recebido um deles em casa como parte de uma campanha promocional de bancos e lojas e em breve nosso país terá mais cartões do que habitantes.
 Algumas pessoas ficam fascinadas com as facilidades oferecidas pelas operadoras de cartões e acabam fazendo um uso nocivo que pode ser corrigido com um pouco de organização.
 Saiba como organizar a sua relação com os cartões.

Organização começa com um conceito
 Cartão de crédito é um meio de pagamento. Trata-se de uma forma de pagar as contas e não uma fonte de rendimentos.
 Assim como o cheque, o cartão é apenas uma maneira de pagar pelas compras e o limite oferecido pela operadora não representa um aumento na sua rendaTer este conceito em mente evita que você considere o limite do cartão de crédito como um dinheiro “disponível” para gastar.  Para usar cartão sem desorganizar sua vida financeira é preciso considerar que os gastos realizados com o cartão de crédito serão pagos com o seu salário de sempre.
 Por esta razão alguns especialistas recomendam que o limite do cartão não deva ser superior a 50% da sua renda. Assim, depois de paga a fatura do cartão vai sobrar metade do salário para os gastos que não podem ser pagos com este meio de pagamento como escola de filhos, aluguel e outros.

Dicas de organização financeira para quem tem cartão de crédito
Mantenha sigilo da sua senha;
faça compras pela internet em sites de sua confiança;
• Para o caso de perda ou roubo do cartão, tenha anotado o telefone da operadora em uma agenda, no seu computador ou em casa;
Acompanhe os gastos pelos comprovantes em papel e verifique o valor da fatura semanalmente direto no site da operadora;
Nunca use o crédito rotativo;
Nunca faça saques em dinheiro;
Evite ter mais de um cartão, concentre as operações;
Acompanhe e use os pontos do programa de fidelização;
Negocie a exclusão da cobrança de anuidades;

3º A grande dica
A grande dica para usar cartões com segurança e economia é pagar integralmente a fatura na data do vencimento.
Se a situação fugiu do controle, corte o cartão ao meio com uma tesoura. Depois de um tempo você vai reorganizar suas finanças e voltar ao uso do cartão com outra postura.

Autor: Prof º Samuel Marques, advogado consultor em finanças pessoais e professor do curso “Organização Financeira” pela OZ!

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br. Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter

Comentários
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *