Dicas de viagem para a terceira idade

Para muita gente, a terceira idade é a melhor época da vida para viajar. Os filhos já estão criados, a aposentadoria já chegou, enfim, há mais tempo para curtir a vida. Tem mulher até que só acaba pondo o pé na estrada quando chega a viuvez, seja por causa do dinheiro da herança, seja por limitações ou falta de vontade do marido. Hoje a velhice chega cada vez mais tarde – e a impossibilidade de viajar também.

Quais são os direitos dos idosos?
Redobrar o cuidado com idosos não é mais mera questão de educação: é dever legal, exigido pelo Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03), que protege pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. O Artigo 4º estabelece que nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência; e o Artigo 23 garante acesso preferencial aos locais em que se realizem eventos artísticos e de lazer, bem como aos meios de transporte.

Onde encontrar a minha turma?
Para se manter interado, você pode juntar-se à Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade (21/3253-8074). Pagando uma mensalidade, o associado tem direito a descontos e benefícios. Também pode participar das viagens organizadas pela própria entidade ao longo do ano.

Dicas para aproveitar a viagem:
1. Faça poucos deslocamentos por dia. Talvez por terem "sede" de informação, os veteranos costumam ficar mais tempo em museus ou nas visitas turísticas

2. Exija mais paradas nas estradas. O ideal é não ficar sentado por muitas horas seguidas. Os ônibus devem ter banheiro a bordo

3. Observe o clima. Uma ida à praia, por exemplo, deve ser feita nos horários de boa insolação, como antes das 10h

4. Cheque com o guia a sua lista de remédios. Ele deve estar ciente da medicação que os viajantes tomam e, com delicadeza, acompanhar o seu uso

5. Seguro-saúde é fundamental. Os pacotes em geral já incluem o produto. Mas é sempre bom certificar-se antes com a agência de viagens

6. Viaje, se possível, na baixa estação, para usufruir dos descontos dos hotéis e tarifas aéreas. Até porque, se você é aposentado, tem menos limitações quanto à época da viagem. Além disso, não há grandes problemas com filas e os rigores climáticos

7. Carregue uma bagagem leve. Resista à tentação de levar metade do seu guarda-roupa. Os contínuos deslocamentos exigem malas práticas

8. Tenha cuidado para não ficar desidratado, um problema que ocorre com a idade. Beba até dez copos de água por dia. Prefira a mineral, engarrafada

 


Quer saber mais sobre o assunto? Leia também o e-book: Como organizar a sua Viagem

"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Introdução Família > Idosos

A vida evolui e transforma as pessoas. Assim como nós, o ambiente em que vivemos também precisa adaptar-se às mudanças. Ao organizar a sua residência, você deve pensar no bem estar de todos os moradores e nos seus hábitos cotidianos, principalmente se estamos falando de idosos, que merecem todo nosso zelo.

Eles precisam sentir que o seu carinho, atenção e respeito também se refletem no cuidado com a disposição de todos os objetos e funcionalidades da casa.

Nesta seção apresentaremos várias dicas e matérias que o ajudarão a pensar na segurança e conforto do idoso sem comprometer a usabilidade do lar pelos outros membros da família. Lembre-se: a melhor qualidade de vida deve ser o ponto forte da organização.

 


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Como organizar a rotina de idosos diabéticos

Com o passar dos anos, as funções orgânicas vão decrescendo. É natural que os órgãos dos sentidos (especialmente a audição e a visão) comecem a falhar. Por isso, é importante tomar alguns cuidados para garantir uma rotina tranqüila no dia a dia do seu ente querido.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Insulina
Preste atenção às unidades recomendadas. Caso não consiga aplicar as injeções, peça ajuda a um familiar ou amigo treinados para fazer a aplicação em caso de necessidade.
Aprenda a reconhecer os sinais e sintomas da hipoglicemia e o que fazer, caso isso ocorra. É importante que os que vivem com você também saibam como proceder.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Aplicação
É normal, portanto, que surjam dificuldades em colocar a insulina na seringa e enxergar os traços que indicam as unidades a serem utilizadas.
Sirva-se, então, (além dos óculos de praxe) de uma lupa que se acopla à seringa. Procure-a em lojas especializadas em artigos para diabéticos. Nas grandes cidades há algumas que vendem por reembolso postal.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Glicosímetro
Se puder, tenha um glicosímetro em casa para medir o açúcar no sangue.
Não se esqueça de sempre comunicar ao seu médico, caso a taxa de açúcar esteja alta. Assim, ele poderá lhe ajudar melhor a controlar seu diabetes, na volta à rotina.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Atividade Física
Não fique parado. Os exercícios, se praticados regularmente, auxiliam no controle. Nadar e caminhar são as atividades mais indicadas para esta faixa etária, além da hidroginástica.
A caminhada é a atividade mais indicada. Use tênis e caminhe em local plano, sem buracos, bem ventilado. Pratique-a de 3 a 4 vezes por semana durante pelo menos meia hora.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Remédios
Para possíveis falhas de memória, existem caixinhas de plásticos com repartições indicando o dia da semana. Coloque o comprimido a ser tomado a cada dia, assim não dá para esquecer ou se enganar. Deixe a caixinha em um lugar seguro e fácil de encontrar.
Este recurso pode ser muito útil também durante suas viagens, pequenas ausências de casa etc.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Alimentação
Na alimentação, a rotina é um ponto importante. Se andou fora da linha, vamos lá. Como você sabe, os açúcares devem ser evitados. Lembre-se de que é importante comer sempre em menor quantidade e em refeições mais freqüentes – cinco a seis vezes por dia.
Não se esqueça dos alimentos que contêm fibras como verduras, legumes, frutas. Coma laranjas com bagaço, maçã e pêra com casca, etc.
Recomendação dos especialistas: coma alimentos que contenham carboidratos (massas, pães, cereais, etc) em até 60% dos alimentos ingeridos em um dia. Eles fornecem energia, indispensável ao idoso.
Por outro lado, não abuse dos alimentos gordurosos, frituras, sal, etc., e lembre-se de hidratar-se bem, tomando água e sucos de frutas (com adoçantes, se desejar) em quantidade suficiente.

Consultoria Dr. Antônio Ferreira

 


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Como organizar-se para prevenir acidentes com idosos no inverno

O inverno não chega sozinho. Com ele vem o frio e o tempo de chuva. Em cada lar é preciso estar atento a algumas situações de risco, que podem propiciar a ocorrência de acidentes. Se estes riscos devem ser tidos em conta em qualquer lar, é sobretudo onde vivem idosos que todo o cuidado é pouco.

As dificuldades em se movimentar e de fugir de uma situação de perigo, assim como a facilidade de esquecimento, podem proporcionar cenários de insegurança.  

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Intoxicações

As intoxicações devido à inalação de monóxido de carbono são, infelizmente, uma situação comum.
Os aparelhos de combustão mal instalados, como as caldeiras de gás, esquentadores, fogões, radiadores a gás, salamandras, entre outros, libertam dióxido de carbono, um gás incolor, inodoro e, se inalado em excesso, mortal.
A vítima não se dá conta de sua presença, acabando por perder os sentidos. Se não for socorrida a tempo, este acidente será fatal.

Para evitar esta situação, deve-se:

• Certificar-se que a instalação, manutenção e reparação dos aparelhos de combustão são feitas por profissionais e de acordo com as instruções do fabricante.
• Desligar ou apagar qualquer aparelho de combustão sempre que for se ausentar de forma prolongada.
• Jamais instalar esquentador na casa-de-banho.
• Jamais utilizar braseiras ou grelhadores a carvão em recintos fechados.
• Manter limpas as chaminés e quaisquer saídas de fumaça.
• Manter sempre abertas as saídas de ar e ventilar os locais mais usados da casa.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifQueimaduras
Um outro cenário de acidente está relacionado com queimaduras. A preparação de bebidas quentes pode representar algum perigo, assim como a utilização de lareiras e aquecedores. Por isso tenha sempre em atenção:
• O chá, café e outras bebidas quentes, quando demasiado aquecidas podem provocar queimaduras graves.
• Ao utilizar o microondas para aquecer bebidas, saiba que o líquido pode estar muito quente, embora o recipiente se apresente frio.
• Coloque proteções nas lareiras e outras fontes de calor, especialmente se houver crianças na casa.
• Verifique sempre a temperatura da água do banho.
• Nunca coloque a roupa para secar em cima dos aquecedores, pois poderá provocar um incêndio.
• Ao acender a lareira, evite combustíveis líquidos. Estes propiciam inúmeros e graves acidentes. Se os utilizar, siga rigorosamente as instruções de uso. Jamais reacenda a chama ou brasas com combustíveis deste tipo. Após a sua utilização feche muito bem a garrafa e mantenha-a fora do alcance das crianças, ou de um local que possa levar alguém a confundir o produto.
• Nunca use gasolina ou álcool como combustível.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifCuidados fora de casa
Além destes cuidados a ter em casa, nunca é demais chamar a atenção para alguns perigos na rua. Deste modo, tenha atenção:
• Na rua, use sempre calçado antiderrapante, sobretudo em tempo de chuva ou neve, para evitar quedas.
• Se conduzir, tenha muita atenção ao piso molhado e à visibilidade reduzida, que aumentam significativamente o risco de acidente.
• Não deixe a sua segurança em mãos alheias e não confie demais na sorte. Os acidentes acontecem, muitas vezes, porque fomos desatentos perante os avisos de perigo.

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter

Como planejar e organizar a casa para idosos

O espaço físico habitado é onde as coisas e pessoas se relacionam, e por isso têm a capacidade de incentivar ou deprimir, de cuidar ou colocar em risco quem o utiliza. Uma casa adequada atende às necessidades dos indivíduos à medida que eles envelhecem.

Temos que oferecer a essa camada cada vez maior e mais atuante na sociedade uma ambientação mais segura, adequada e confortável. Ao entrar numa casa apropriada, muitas vezes os detalhes passarão despercebidos e isso é muito importante para sua funcionalidade.

A intenção não é fazer da casa um lugar para pessoas diferentes e sim fazer com que seja visualizada como uma casa normal, onde qualquer pessoa, em qualquer circunstância, possa viver bem.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Entrada

Acesso à porta da frente: não deve ter barreiras.

Piso da entrada: deve ser áspero e com marcações claras se existirem desníveis.

Porta da frente: como outras portas, deve conter uma maçaneta tipo alavanca e, de preferência, fechadura sobre a maçaneta. Caso não esteja disponível este modelo, providencie uma fechadura onde o idoso possa colocar a chave com facilidade e tenha que dar o menor número de voltas possível para abrir. As portas da frente e dos fundos da casa devem ter trincos de segurança deslizantes e serem mantidas fechadas por molas aéreas ou dobradiças com molas. Para abrí-las podem ser usados também cartões magnéticos, como os dos hotéis.

Desníveis: são superados por rampas e os capachos e tapetes são presos, colados ou embutidos.

Espaço externo:o lado de fora deve ser bem iluminado, facilitando a visão de quem está do lado de dentro.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifQuarto  

Cama: deve ter uma altura que permita que a pessoa apóie os pés no chão quando sentada.

Cabeceira e pé da cama: serve como encosto e uma colcha ou cobertor, deixados ao pé da cama, impedem que o idoso sinta frio.

Mesa de cabeceira: deve ficar cerca de 10 cm acima da cama, ter as bordas arredondadas e estar fixada no chão ou parede.

Armários: têm as portas leves e acessíveis. O seu interior é iluminado.

Prateleiras: têm alturas variadas.

Gaveteiros: tem puxadores de alça e travas de segurança.

Cabideiros: são baixos e as gavetas têm travas de segurança nos deslizantes.

Janelas: abrem para dentro ou são de correr.

Travesseiros: o uso de mais de um travesseiro é desaconselhável. Ele pode causar sufocamento em pessoas acima dos 80 anos.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifBanheiro
 
Paredes: de alvenaria com resistência suficiente para instalação de barras de segurança.

Box: com espaço interno que permita a circulação de duas pessoas, corrimão lateral e barras de apoio de alturas variáveis. O fechamento deve ser com material inquebrável e firme, com portas de correr ou cortinas.

Piso do Box: coloque proteção antiderrapante no piso e lembre-se que o desnível com relação ao piso do banheiro não pode exceder 1,5cm.

Torneira do Chuveiro: de fácil manuseio, suporte.

Porta-toalhas: fica localizado perto do Box.

Assento de banho: com largura de no mínimo 45 cm e altura de 46 cm deve ser fixado no chão.

Porta-objetos e saboneteira: também são fixos.

Chuveiro: deve ser portátil.

Banheira: só instale se também houver espaço para um box. Instale nela barras de segurança e coloque todos os comandos à distância ou mesmo para fora.

Vaso sanitário: aumente em 10 cm a base do vaso em relação ao piso do banheiro. Tenha barras de apoio a uma altura de 30 cm acima do tampo do vaso.

Descarga: simples, com caixa acoplada ou botão.

Ducha higiênica: manual, fica a uma altura de 45 cm do chão, e a papeleira também.

Bancada da pia: deve ter uma altura entre 80 e 85 cm. Coloque um ralo protetor na pia e barras de apoio junto ao lavatório.

Torneiras: de fácil manuseio – podem ser nos modelos meia volta, alavanca ou mesmo com célula fotoelétrica.

Tomadas e interruptores: devem ficar em área seca, próximos à bancada a uma altura entre 1,10 e 1,30m.
Apoios para escovas, lâminas, tubos e remédios:devem ser de material inquebrável, assim como as prateleiras.

Armários: deixe uma área livre para a movimentação das pernas, caso alguém utilize uma cadeira, banqueta ou cadeira de rodas.

Espelho: frontal, com iluminação e pense também em adquirir um espelho de aumento.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Dica
Tenha no armário lanterna, caneta e lente de aumento para leitura e marcação dos remédios.

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter