Outono chegou e agora?

Chegou o outono, estação que nos confunde um pouco pra se vestir. Tem dia que está calor, tem dia que está frio e tem dia que faz frio e calor ao mesmo tempo.
Por isso é difícil organizar o armário nessa época, mas vamos tentar ajudar com algumas dicas.
Primeiro passo, tire as roupas que ficaram guardadas durante o verão e deixe arejar antes de usá-lasNão tire todos os casacos super pesados porque você não vai ter espaço no armário. Deixe apenas um casaco e de dois a três casaquinhos leves ou jaquetas para dias mais frescos.

Tenha uma peça coringa sempre à mão como um vestido preto de malha. Se estiver calor, use com uma sapatilha; se estiver frio é colocar uma meia grossa, uma bota e um casaquinho por cima.

As botas são itens muito usados nessa estação. Botas de cano alto devem ser deixadas em pé em algum cantinho do quarto. Se não tiver espaço, deixe-as deitadas, mas evite dobrar o cano, isso pode estragar a bota. Para mantê-las em pé use aqueles suportes infláveis que ficam por dentro da bota como um enchimento.
Outras peças interessantes nessa época são os lenços porque são charmosos e servem tanto para o frio quanto para dias amenos. Para organizá-los, coloquem-os em caixa de tecido, enrolados na posição vertical.
Blusas de linha são uma boa pedida também. Elas devem ser dobradas em prateleiras ou gavetas, nunca penduradas nos cabides, pois ficarão deformadas com o passar do tempo.
Aproveite bem a estação!

Fonte: Vanessa Costa, Personal Organizer da @tudoseencaixa

Como evitar mofo nos armários

A aglomeração de roupas, malas, cobertores dentro dos armários é uma das causas do mofo.Se o móvel está muito cheio, o ar não consegue circular por ele, consequentemente a umidade que vem das paredes fica ali dentro, confinada e gruda nas nossas roupas.

Para evitar que o mofo impregne nas peças do vestuário, temos algumas dicas:

Primeiro de tudo, faça a organização básica do ambiente. Como sempre falamos, retire os itens que não usa mais e mande para doação. Com o armário vazio, passe uma mistura de água com vinagre ou com bicarbonato em todo o móvel. Deixe secar antes de recolocar as roupas.

Itens que não são muito usados como malas, cobertores e casacos muito grandes podem ser armazenados em embalagens à vácuo para não ter contato com as gotículas de água que ficam no ar; ou em sacos de tecido respirável, porque se o ar entrar ele precisa sair.

No meio das roupas que ficam nas prateleiras e gavetas, costumo usar bolinhas de cedro para evitar o mofo. O cedro é um tipo de madeira que absorve a umidade do local, por isso existem bolinhas, argolas para cabides e até mesmo o próprio cabide feito desse material.

Uma outra opção de desumidificador é o Moffim, aquele sachê de cristais que absorve a umidade do móvel ou do ambiente sem formar líquidos. Ele possui um ganchinho para ser pendurado no cabide e ainda pode ser descartado no lixo comum.

Espero que as dicas ajudem a conservar suas roupas.

Fonte: Vanessa Costa, Personal Organizer da @tudoseencaixa

Como guardar e conservar seus esmaltes

Antes de tudo, é preciso pensar em conservá-los bem: é super importante manter os vidrinhos sempre bem fechados, em um lugar fresco e longe do calor!

Para conservar a cor e evitar que o esmalte fique bifásico (quando começam a aparecer camadas de cores no vidrinho), o ideal é deixar os esmaltes em !

Mesmo em , pode ser que depois de muito tempo na mesma posição a cor comece a ficar meio esquisita, com bolinhas brancas. vale dar aquela esfregada/chacoalhada no vidrinho para deixar a cor uniforme antes de usar.

O prazo de validade padrão de esmaltes é de três anos. Mas às vezes até muito antes disso pode acontecer do esmalte ficar grosso, difícil de passar. A dica nesses casos é pingar até 3 gotinhas de óleo de banana ou diluentes vendidos pelas marcas de esmaltes. Em último caso (ÚLTIMO mesmo), vale também pingar 1 gotinha de acetona no esmalte para deixá-lo mais fino.

Tente adotar um padrão de organização nos esmaltes: pense em separá-los por cor, marca ou freqüência de uso, por exemplo. Assim fica muito mais fácil de achar este ou aquele vidrinho no meio da “multidão”!

Facilite a organização de acessórios e maquiagem em casa, conheça os estojos organizadores da OZ!

Fonte: Clube do Esmalte

 Quer saber mais sobre o assunto:
LeiaComo organizar seus cosméticos
LeiaComo organizar bolsas

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br. Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter

Roupa de inverno: como guardar?

 Arejar: Os meses seguidos dentro do armário são um inimigo às peças de inverno. O gerente de relações públicas da fabricante de enxovais MMartan, Armando Casulli, enumera: “Os principais vilões são a falta de ventilação, luz e limpeza. O acúmulo de poeira, suor e de pele descamada se tornam alimentos para os ácaros”. Arejar o ambiente e as peças guardadas é a solução. “Retirá-las do armário e deixá-las expostas ao sol da manhã reduzem a proliferação dos ácaros”, recomenda Casulli, ressaltando que os minúsculos aracnídeos são os principais responsáveis pelo mau cheiro, além de provocar problemas respiratórios.

Embalagens para armazenar: Um problema recorrente quando se trata de enxoval de inverno é o volume. Nelly Lopes de Oliveira, personal home organizer e gerente da Personal Houser, a dica para quem quer desfrutar de muito conforto na estação fria e, ao mesmo tempo, de espaço no armário: "Equacionamos isso com os Space Bags. São embalagens feitas de plástico, mas o diferencial é que retiramos todo o ar com o aspirador, o que diminui muito o volume ocupado". O material previne contra mofo, ácaros e manchas. A especialista alerta para não guardar as roupas úmidas, que compromete o tecido.

Roupas brancas: O especialista Armando Casulli indica um cuidado extra para armazenar as roupas brancas: "Elas devem ser acondicionadas em embalagens de plástico azul nas quais a incidência da luz, mesmo que artificial, seja evitada. Isso reduz as chances de as peças ficarem com marcas nas dobras".

Roupa úmida: Este é um pecado capital no armazenamento do enxoval, tanto o de inverno quanto o de verão. "Roupa guardada úmida é roupa perdida! Se estiver um pouco úmido, deixa do lado de fora até estar totalmente seco", enfatiza a especialista Nelly Lopes. Tome mesmo procedimento com roupas que estejam com qualquer cheiro. “Se tiver algum odor, até mesmo de perfume, coloque para lavar novamente e deixe arejando por um bom tempo”, ensina. Toda peça, continua ela, deve ser analisada com muita atenção antes de ir para o armário.

Triagem: A personal home organizer Nelly Lopes de Oliveira usa um comportamento muito comum do time feminino como argumento para minimizar os transtornos com as roupas de inverno. "Toda mulher pensa: 'Se eu não usei essa peça nas últimas duas estações, não vai ser agora que eu vou usar'", destaca. Sendo assim, chegou a hora de fazer uma triagem. O verão é a época mais propícia para se desfazer daquele volume que, na prática, não está mais sendo utilizado. “A gente consegue fazer isso fora da estação de uso, porque para analisar as roupas com mais tranquilidade”, acredita.

Couro: "Assim como a camurça, o couro requer muito cuidado que ele não é amigo da água", pontua Casulli. Couros e peles em geral não podem ser limpos com água e muito menos com pano úmido. "Se você quer armazenar o couro, pode limpá-lo com vaselina e em pequenas quantidades. Qualquer contato com a água deixará manchas brancas. A vaselina pode ser líquida ou em creme, sendo a única forma de lavar o material", enfatiza a personal home organizer Nelly Lopes de Oliveira. A origem animal do material pede contato com a luz solar. Existe uma proporção ideal para a manutenção das peças: "Nós sugerimos que, a cada 6 meses de uso, elas sejam expostas durante 48 horas ao ar livre e sol", diz Nelly.

Camurça: Especialistas são unânimes em indicar as lavanderias especializadas na hora de lavar as roupas de tecidos delicados. A camurça é um desses que, além de ser de difícil remoção de manchas, não gosta de água. "Existem sprays que fazem a assepsia, mas mesmo eles deixam manchas. Recomendo é encaminhar para uma lavanderia", diz Nelly Lopes. A cada lavagem a camurça muda a tonalidade. Se tiver um conjunto de peças feito desse material, é melhor lavar sempre em conjunto. “A não ser que você queira fazer um tom sobre tom”. Na hora de guardar no armário, ressalta: "Todo cuidado é pouco, que a traça e o cupim adoram comer isso".

Lã, como lavar: Diferentemente da camurça, a lã tem na lavagem a parte mais simples de todo o processo. O cuidado com as peças de está no secar, destaca Casulli. "É importante que tenham cuidado para não deformar as roupas na hora de deixá-las secar. Elas não devem ser submetidas ao sol excessivo. Secar à sombra é o mais recomendado", aconselha.

Roupa de cama, como lavar: Caso você não queira abandonar o seu bom e velho edredom, a personal home organizer Nelly Lopes ensina um passo a passo para lavar a roupa de cama. "Primeiro você tem que mandar para a lavanderia especializada, já que não pode centrifugar. Quando voltar, coloque no varal porque sempre volta um pouco úmida. E, para finalizar, passar e dobrar novamente para ficar bem guardado", explica Oliveira, lembrando que os Space Bags são a melhor forma de armazenamento.

Algodão: Assim como a lã, os casacos e blusas feitas de algodão mais pesados, como os casacos de moletom, devem ser guardados de modo a manter o formato original da peça. "Sempre fechando o zíper para guardar. Agindo assim, além de ocupar menos espaço, você estará aumentando a durabilidade da roupa. Se for no cabide, cabides iguais; nas gavetas, dobraduras iguais. Tudo para manter as roupas com um padrão", destaca a especialista Nelly Lopes.

Calçados: São os que demandam mais trabalho independente da estação. Segundo Oliveira, a limpeza deve ser feita através de panos flanelados de microfibra, para os mais delicados, ou esponjas, para os mais robustos. O papel celofane é um grande aliado para não deformar os bicos. "O sapato tem que ser limpo por dentro e por fora, para tirar o suor. As flanelas são usadas para tirar o pó. O ideal mesmo é, sempre que utilizar, passar um pano para eliminar os resíduos e diminuir as chances de criar odor", explica. Após limpar o sapato, deixe-o  em espaço aberto com circulação de ar por um dia antes de retorná-lo  à sapateira, que deve ser aberta, no mínimo, uma vez por semana para arejar.

 

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br. Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter

Dicas rápidas de como organizar o armário e fazer o descarte

De tempos em tempos, muita gente aproveita para renovar o guarda-roupas e se desfazer de peças que não são mais usadas. Veja abaixo algumas dicas para organizar o armário:

  Não jogue fora
  Apesar de você não usar mais algumas peças de roupa, muitas pessoas podem aproveitar calças, blusas e acessórios. Junte tudo o que retirar do roupeiro e doe para uma instituição de caridade, ajudando a melhorar o ano de quem mais precisa.

  Avise amigos e parentes
 Comente com pessoas próximas sua iniciativa. Enquanto uns podem aproveitar alguma peça para uso próprio, outros podem seguir a ideia e fornecer novas doações para entidades carentes.

  Evite agir por impulso
Se existe dúvida sobre alguma peça, pense duas vezes antes de se desfazer. Depois de doada, ela não voltará para seu armário. No entanto, não exagere no prazo. Se você não veste uma roupa muito tempo, dificilmente voltará a usá-la.

 Organize
 Aproveite a oportunidade e deixearmário mais organizado, separando itens de acordo com sua preferência. Biquínis e roupas íntimas podem ocupar menos espaço se agrupados em colméias de gaveta, enquanto blusas podem ser dispostas de acordo com a estação do ano em que são mais usadas e abrigando artigos fora de estação em embalagens adequadas, como os space bags, que reduzem em até 5x vezes o volume dos materiais. Sapatos podem ser guardados em locais estratégicos através de ferramentas que otimizam o uso do espaço, como sapateiras de pendurar atrás da porta, assim como bolas podem estar sempre visíveis em cabides específicos para esse tipo de acessório.

  Cuidado com a qualidade
 Artigos de higiene e beleza devem ser conservados até a data de vencimento impressa nas embalagens. Confira esse detalhe antes de reordenar sua necessaire e encaminhe embalagens vencidas para o descarte correto. Outra forma de guardar esses produtos são porta-cosméticos, que permitem uma visualização total do conteúdo e evitam vazamentos e quebra de frascos.

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br. Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter

Como organizar seus cosméticos

Hora da faxina
O primeiro passo antes de iniciar a organização, é fazer uma faxina em seus produtos. Analise a data de validade de cremes, maquiagens e perfumes. Muitas vezes, estão vencidos e esquecidos no fundo da gaveta, servindo para ocupar espaço. Pincéis e escovas também devem ser trocados periodicamente.

• Local adequado
    Tendo em vista a praticidade, muitas pessoas preferem guardar e organizar seus cremes, cosméticos e maquiagens no banheiro. Contudo, devido à concentração de umidade que o chuveiro provoca, este não é um local adequado para armazenamento destes itens, pois suas propriedades podem ser afetadas e sua eficácia reduzida. Procure guardá-los no quarto ou no closet. 

Cosméticos
Como são usados com muita frequência, deixe-os em um local de fácil acesso, como caixas ou gavetas. Caixas transparentes de acrílico são muito práticas para organizá-los e fáceis na hora de encontrar o que precisa. Deixe-os em ordem de uso. Por exemplo, se você utiliza diariamente, pela manhã e à noite, tônico e hidratante facial deixe-os à frente de todos

Escovas e pentes 
Guarde-os em gavetas, prateleiras ou em pequenos potes (assim eles podem ficar em ). Procure manter somente aqueles que realmente usa. Muitas pessoas têm inúmeras escovas e pentes, sendo que na verdade precisam (e usam) um pente e uma escovaDeixe-os sempre limpos e higienizados. Para isso, mergulhe-os em água e sabão neutro pelo menos uma vez por semana.

Pincéis 
Antes de guardar os seus pinceis verifique se estão sempre limpos, caso contrário, poderá haver uma mistura de cores de maquiagem (principalmente de sombra), além de acúmulo de bactérias. O ideal é que eles sejam lavados uma vez por mês (utilize produtos específicos para limpá-los, ou lave-os com shampoo de bebê e deixe que sequem naturalmente sobre uma toalha). 

Maquiagens
A maquiagem deve sempre ser mantida em local seco, jamais em locais úmidos, como o banheiro. O ideal é que os organizadores tenham divisórias (as caixinhas ou as bolsinhas), pois assim você pode separar itens para os olhos (sombra, lápis, rímel, delineador), para a pele (base, compacto, facial e corretivo),  para a boca  (gloss e batons), além do que você achar necessário. Fica muito mais fácil e prático na hora de se maquiar

• Cremes e perfumes
Organize por tamanho e características. Por exemplo, separe aqueles específicos para rosto daqueles para o corpo, para o dia e para a noite, para o cabelo, enfim, em categorias que você preferir. Fica mais fácil na hora de usar.

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”
newsletter

Dicas para escolher o cabide certo

Para conseguir funcionalidade, organização e beleza nessa missão rotineira de pendurar roupas, é preciso estar atenta às  regrinhas de adequação. Caso contrário, o closet ou o armário vai ficar sempre com aquela cara de bagunça, por mais que se tente deixar tudo arrumadinho.

Assim como, em cada ocasião usamos um tipo de roupa, para cada roupa, há um cabide apropriado. O mercado está cheio deles. De plásticocoloridos, cromados, de acrílico… Para todos os gostos e bolsos.  O primeiro desafio é não fazer um samba do cabide doido no armário.

Uma dica para que isso não aconteça, é escolher todos os cabides do mesmo estilo, tamanho, cor  e  altura, com funções diferentes. Os de madeira são os mais elegantes. Já os cromados (autênticos) otimizam o espaço e podem ser usados sem perigo de ferrugem.  Neste caso, porém, acrescente ombreiras removíveis para amenizar os vincos que costumam fazer nas roupas.

Cabides para casacos, blasers e jaquetas
 Os anatômicos (gordinhos nas pontas) são ideais.

Cabides para ternos e tailleurs
 Os que têm haste para pendurar calça são os mais adequados para ternos. E para os tailleurs procure os que têm presilhas cromadas. Proteja os ganchos com bolinhas de feltro, daquelas que compramos para colocar nos pés das cadeiras para não arranhar o chão. Isso impedirá que as roupas fiquem marcadas.

Cabides para blusas e vestidos de alcinha
Ficam bem acomodadas nos que têm fenda nas laterais.

 Cabides para saias
 Os de pressão de madeira são os melhores, pois não deixam marcas.
Se preferir os de presilhas, use sempre as cromadas e proteja os ganchos com bolhinas de feltro. Ao pendurar, estique a saia entre as presilhas.

Cabides para calças
Para não ocupar muito espaço, dependendo da altura do varão, uma dica é pendurar calças em cabides de saias. Isso também evita aquelas marcas indesejáveis. Caso prefira aqueles com hastes, pendure as calças com o gancho voltado para o fundo do armário.

Cabides para frente-única, corselet e tomara-que-caia
Para não caírem, nem amassarem, pendure-os de cabeça para baixo em cabides de saias.

Cabides para vestidos, camisas e blusas
Use os que não têm haste. Prefira os modelos com formato de boomerang.
 Quando o tecido é fino/fluido, fica bem conservado e não escorrega em cabides com estrutura anti-derrapante nas laterais.

Outras dicas:

• Os cabides ocupam menos espaço, são mais fáceis de manusear e contribuem com a decoração quando dispostos na mesma direção, com o gancho virado para dentro. Fuja dos modelos três em um: quando se retira uma peça, as outras também caem.

• Pendure apenas uma peça por cabide.

Ganchinhos no armário para pendurar gravatas e cintos pela fivela são ótimos, pois muitas vezes os cintos enrolados acabam ficando com o couro rachado e ressecado. Estes mesmos ganchinhos também podem servir para acomodar colares.

Capas de TNT são a proteção ideal para casacos, blazers e vestidos de festa. Elas deixam os tecidos respirarem e protegem contra o mofo. Ao contrário das capas plásticas das lavanderias.

• Mantenha alguns cabides avulsos no armário para roupas que estão na lavanderia e para as novas aquisições.

• Prefira os cabides com ganchos giratórios.

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br. Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter

Organize seu quarto usando o espaço embaixo da cama

Use o espaço embaixo da cama para organizar o quarto

Você acorda com aquele desejo de dar um jeito na bagunça. Coloca o armário abaixo, separa roupas para doação, dobra e arruma tudo direitinho, tentando aproveitar o espaço da melhor forma possível. Se mesmo assim ainda sobra uma montanha de peças que você nem consegue imaginar como guardava antes, é hora de ver outras partes do quarto com outros olhos. O segredo para a organização pode estar embaixo da sua cama.

Como guardar
De olho na tendência, fabricantes de móveis começam a disponibilizar camas com gavetões de rodinhas para facilitar o aproveitamento do espaço. As camas box também existem na versão baú, com espaço para guardar objetos. No entanto, mesmo sem móveis planejados é possível usar o espaço sem comprometer a decoração e a praticidade: basta escolher caixas e recipientes adequados.

O que guardar
O espaço sob as camas é perfeito para guardar peças que você não usa todos os dias, como lençóis, edredons e roupas da estação passada. Para armazenar peças de inverno no verão e vice-versa, não esqueça de lavá-las antes, evitando o aparecimento de manchas e fungos. Você consegue multiplicar o espaço por cinco se usar space bags, sacos a vácuo que reduzem o volume das roupas.

Caixas transparentes para os sapatos de todo dia e caixas especiais para os sapatos de festa. Dessa forma, você economiza tempo para encontrar as peças e mantém tudo mais bonito e conservado. Outra opção prática é a sapateira de chão, que tem visores transparentes e zíper. No quarto das crianças, opte por caixas organizadoras de acrílico. Assim, fica fácil de identificar o que dentro de cada recipiente.

Como manter
Atenção especial para a limpeza: agora o chão do quarto pode servir de armário e deve receber cuidados como tal. Uma vez por semana, limpe as caixas com pano úmido e não dispense o aspirador de no mínimo a cada 15 dias. Na ocasião, aproveite para abrir as caixas e deixa-las ventilar.

Aproveite outros cantinhos
As dimensões cada vez menores nas residências não significam necessariamente bagunça e improvisação. Aproveite os cantinhos e espaços "secretos" para manter tudo em ordem.

Atrás da porta do quarto: você pode pendurar as bolsas em um cabide especial ou usar uma sapateira de porta para guardar os calçados mais usados no dia a dia. Para ajudar a dar fim à bagunça no quarto das crianças, cabides para bonecas são de grande ajuda

Atrás da porta do banheiro: um bom espaço para guardar bijuterias, que ficam à mão na hora de se arrumar em frente ao espelho. Um cabide transparente especial facilita a vida. Secador de cabelo, escovas e os cosméticos mais usados diariamente também podem ser guardados em um cabide multiúso.

No canto da sala ou do quarto: guarde papelaria, chapéus, bonés, aparelhos eletrônicos, recordações e o que mais você precisar em caixas empilhadas de diferentes dimensões. Um kit de caixas com acabamento especial pode fazer parte da decoração.

Autora: Larissa Magrisso, para a OZ!

 


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: www.organizesuavida.com.br. Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter