Introdução Família > Animais

O seu "melhor amigo" precisa de cuidados especiais e também de um ambiente organizado. Conhecer detalhes sobre a raça e seu comportamento natural, que tipo de alimento é mais conveniente e com que freqüência ele deve ser levado ao veterinário são itens de organização que vão tornar sua convivência muito mais agradável.
Não que ele vá cobrar isso de você, mas é muito mais tranqüilo cuidar de seu bichinho de estimação se você tem tudo à mão e consegue manter as coisas em ordem.

 

 


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Proteja seus móveis dos animais domésticos

Para começar, é sempre bom cortar as unhas de seus animais domésticos regularmente. Fora isso, técnicas diferentes serão usadas se o culpado for um cachorro ou um gato.

Os cães muitas vezes arranham as portas para informar ao dono que eles querem sair ou ir para outro cômodo. Se tal comportamento funcionar, eles continuarão a repeti-lo. Entretanto, eles podem ser treinados para não arranhar as portas, segundo Marc Morrone, apresentador do quadro Ask Marc, the Petkeeper, parte do programa de rádio Martha Stewart Living Radio, no canal 112.

Primeiramente, cubra a área que seu cachorro costuma arranhar com uma chapa de acrílico recortada da largura da porta e até a altura logo abaixo da maçaneta. Faça um furo em cada canto e parafuse o plástico à porta. Depois disso, providencie uma maneira alternativa não-destrutiva para que seu cão possa sinalizar para você: por exemplo, um sino pendurado na maçaneta.

Mostre ao animal como fazer o sino tocar e assim que ele o fizer abra a porta rapidamente. Não faça o mesmo quando ele arranhar a porta. Depois que o novo comportamento for iniciado, remova a placa de acrílico e preencha os furos dos parafusos.

Normalmente é mais difícil dissuadir os gatos. Eles podem estar marcando território, tentado eliminar a camada externa de suas unhas ou simplesmente se espreguiçando. Você não pode evitar os arranhões do animal, mas pode providenciar uma saída melhor do que seu sofá ou as pernas de sua mesa de jantar comprando um arranhador para gatos.

Para ajudar a redirecionar seu gato, torne o local aonde ele vem arranhando desagradável para ele: Use um spray repelente de animais (à venda em pet shops) ou revista o local com uma textura que não o atraia, como fita adesiva dupla-face ou papel alumínio. Coloque o arranhador por perto.

Assim que o gato começar a usá-lo, mova-o gradualmente para cada vez mais distante do lugar original. Depois de algum tempo você poderá remover a fita adesiva ou o papel alumínio por completo e interromper o uso do spray.

Fonte: Martha Stewart

  


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Como limpar o seu aquário

Se ao resolver limpar o seu aquário você decidir desmontá-lo, você perderá todas as colônias de bactérias benéficas que quebram a sujeira produzida no aquário. Por essa razão, eu não teria este trabalho, a menos que seu aquário esteja realmente em uma péssima condição. Com um pouco de esforço físico e alguns equipamentos simples de limpeza você pode ter um aquário com um visual limpo novamente.

Aqui estão os materiais que você vai precisar:
* Raspador de algas
* Lâmina (plástica, para aquários de acrílico)
* Água sanitária
* Sifão de água
* Balde
* Removedor de limo (feito para aquários)
* Limpador de vidro (feito para aquários)
* Limpador de filtro
* Escova para filtro
* Toalhas velhas de banho
* Toalhas de papel

Sugerimos a limpeza na seguinte ordem:

Lado de dentro
1. Decorações (pedras, plantas, etc.)
2. Pedras
3. Lado de fora e ornamentos
4. Filtro

Por que limpar o aquário nessa ordem? Limpar o vidro vai fazer com que partículas de pedregulhos caiam nas plantas, decoração e rochas, então é melhor limpá-los depois que o vidro for limpo. A remoção das plantas de decoração vai fazer com que os detritos caiam no fundo, então é melhor esperar para limpar as pedras depois que tiver tirado tudo. Também, é muito mais fácil limpá-las depois que plantas e ornamentos tenham sido removidos. Não é preciso dizer que limpar dentro do aquário vai fazer com que o lado de fora fique sujo, então deve ser limpo depois. Quanto ao filtro, continue lendo para ver porque eu recomendo que ele seja o último a ser limpo.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Removedores de Algas
Comece seu projeto de limpeza limpando bem o vidro por dentro. Tudo que você precisa para isso é um raspador de algas. Há uma vasta variedade de raspadores no mercado, de raspadores com cabos longos até raspadores magnéticos. Eu pessoalmente gosto dos pequenos raspadores magnéticos, entretanto, virtualmente qualquer um vai funcionar.

As pessoas frequentemente me perguntam se é necessário comprar raspadores nas pet shops ao invés de numa loja de equipamentos domésticos ou lojas comuns. Mesmo que os raspadores pareçam iguais, eles podem ter resíduos de sabão ou químicos de seu processo de produção. Um resíduo não importa quando você vai limpar a sua cozinha, mas pode deixar película letal em seu aquário. Por essa razão, eu aconselho gastar uns reais a mais para comprar os raspadores etiquetados para uso em aquários.

Para os resíduos mais teimosos no vidro, use uma lâmina. Tome cuidado para não se cortar ou arranhar o vidro. Se o seu aquário for acrílico, use uma lâmina plástica especial, as comuns vão arranhá-lo.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Água sanitária
Uma vez que o interior do vidro esteja limpo, remova quaisquer rochas, plantas artificiais, ou decorações que tenham algas ou estejam sujas. Não as limpe com sabão ou detergente! É muito difícil remover completamente o sabão e mesmo o menor traço pode ser letal para peixes. Geralmente uma boa escovada com o raspador de algas removerá a alga e sujeira das pedras e plantas.

Para limpezas mais difíceis, prepare uma solução com 10% de água sanitária (uma parte de água sanitária para nove de água) e deixe os itens de molho por 15 minutos. Esfregue retirando qualquer resíduo, enxágüe bem em água corrente e deixe secar no ar para que qualquer resto de água sanitária seja eliminado.

Plantas vivas podem passar por essa limpeza, entretanto caules não toleram bem esse processo. Para plantas vivas prepare uma solução a 5% (uma parte de água sanitária e 19 de água), deixe de molho por dois ou três minutos (não mais) e enxágüe bem. Deixe as rochas, decorações e plantas fora do aquário enquanto você aspira os pedregulhos. Desta forma, nenhuma das partículas tiradas dos pedregulhos cairá sobre eles.

Um aviso de cuidado – compre um novo balde e designe-o somente para uso do aquário. Se você usar um balde que tenha tido sabão ou detergente nele, você arrisca introduzir químicos no aquário, que podem causar a morte de seus peixes.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Sifão
Limpe agora os pedregulhos utilizando um sifão de água para aspirar para longe os detritos. Há vários tipos de sifão disponíveis, todos eles funcionam essencialmente da mesma forma. Certifique-se de aspirar toda a superfície dos pedregulhos para que todas as partículas sejam limpas.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Limpadores de limo e de vidro
Uma vez que o interior de seu aquário esteja limpo o tampo, a lâmpada e o lado de fora podem ser limpos. Eu fortemente encorajo a utilização de limpadores próprios para aquários ou os confirmadamente seguros para aquários. Limpadores de vidro comuns contêm amônia, que é tóxico para peixes.Os limpadores de limo comuns são ainda mais tóxicos. Use limpadores próprios para isso e enxágüe, enxágüe e enxágüe.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Limpeza do filtro
Depois de tudo limpo do lado de dentro, as rochas, plantas, e outras decorações podem voltar para o aquário. Neste ponto, eu esperaria umas duas semanas para limpar o filtro. Por que esperar? A razão não é visível a olho nu. A grande limpeza que você acabou de fazer perturbou as colônias de bactérias nas plantas, rochas e nos pedregulhos. Felizmente, um número significante de bactérias benéficas reside dentro do equipamento de filtragem, então você não desordenou completamente o ecossistema.

Entretanto, se você trocar o filtro ao mesmo tempo, pode acabar com um aumento do nível de amônia por não haver bactérias benéficas suficientes para eliminar as toxinas. Por esta razão, é sábio dar um descanso ao aquário antes de remover o filtro e limpá-lo.

Quando você já tiver limpado o filtro, você deve somente limpá-lo ou trocar o equipamento inteiro? Alguns especialistas avisam que a troca do equipamento remove demais das bactérias benéficas e pode basicamente jogar o aquário em um ciclo inicial. Outros argumentam que existem bactérias suficientes nas rochas, plantas e pedregulhos para prevenir que o aquário tenha que passar por um ciclo inicial quando o filtro é trocado. No meu ponto de vista, o que você deve fazer depende do tipo de equipamento que está usando.

Se o seu equipamento tem absorventes de carbono e amônia, ou resinas de troca de íons, ele deve ser trocado quando tiver mais de três semanas. Depois de duas semanas a absorção já está exaurida, e há colônias de bactérias suficientes em outros lugares para contrabalancear a remoção. Equipamentos que agem como filtros mecânicos ao invés de absorver toxinas (anéis de cerâmica, filtro de fibra, ou esponjas) devem ser gentilmente enxaguados para que os detritos sejam retirados, e depois devolvidos ao aquário. Se for tomado o cuidado de se usar água na mesma temperatura da água do aquário, e o equipamento é logo devolvido ao aquário, as colônias de bactérias crescendo neles não serão totalmente perdidas.

Não se esqueça de limpar os tubos do filtro e outras partes. Uma escova de filtro te ajudará a limpar o lodo que se forma em todas as fendas.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Manutenção
Depois de colocar seu aquário em forma, certifique-se de limpá-lo regularmente, para que ele nunca precise de uma limpeza geral de novo. Cuide dos vidros semanalmente, aspire os pedregulhos toda vez que trocar a água, e limpe as rochas e plantas que juntarem detritos. Limpe o filtro mensalmente, trocando as peças ou enxaguando-as. Enquanto você faz isso, deixe as redes de molho em uma solução desinfetante para mantê-las limpas e macias. Com cuidados regulares, seu aquário estará bonito o tempo todo.

*Shirlie Sharpe trabalha como autora freelance e fotógrafa de peixes. Ela colaborou com vários projetos em aquários públicos e em organizações beneficentes como escoteiros e bandeirantes da América. Seus artigos e fotografias tem sido publicados em jornais e revistas americanas e em publicações governamentais.

 


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Como organizar a rotina de cuidados com aves domésticas

Criar aves não é uma tarefa difícil, mas, como com qualquer animal de estimação, alguns cuidados são indispensáveis e devem ser seguidos passo-a-passo para que a ave não sofra em cativeiro. Confira, abaixo, os cuidados básicos.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Como escolher e equipar o alojamento
http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Os alojamentos para pássaros são classificados em: gaiolas e viveiros.

As gaiolas são os recintos pequenos, feitos de madeira e/ou de arame, redondas, quadradas ou retangulares e geralmente fáceis de transportar.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Os viveiros são grandes e fixos, possuindo as mais diversas formas.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg São comumente feitos de alvenaria, tela ou grade de arame.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg A escolha entre viveiros e gaiolas vai depender do espaço de que você dispõe e do que pretende reproduzir.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Nos viveiros, é possível reproduzir praticamente todas as espécies.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Nas gaiolas isso será dificultado pelo tamanho e, em alguns casos, pela constante necessidade de limpeza.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Para aqueles que querem apenas ter pássaros para ouvir seu canto ou admirar-lhes a beleza, a gaiola é a melhor opção.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg O local para colocá-la não oferece muitos problemas, pois ela pode ser mudada sempre que for necessário por motivos de temperatura, vento, chuva, sol, dia ou noite.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Uma gaiola de criação, entretanto, nunca deve ser removida.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Por isso, se o que você quer é a reprodução em cativeiro, arranje um lugar em que as gaiolas fiquem em definitivo sem que você tenha de tirá-las nem mesmo para limpeza ou troca de água e alimentos.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Os viveiros têm particularidades especiais: sua construção é como a construção de uma casa e vai depender de vários fatores, especialmente do tamanho e da topografia do terreno. Neles, haverá sempre um toque especial que os fará diferentes de todos os outros.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Existem gaiolas especiais para os diversos tipos de pássaros.
http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Aves canoras, como o Curió e o Bicudo, geralmente são colocadas em gaiolas de madeira do tipo "piracicaba".

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Para pássaros maiores, como o Sabiá, o Pássaro-preto e o Corrupião é usado um tipo de gaiola maior, conhecido pelo nome genérico de "gaiola para sabiá".

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Existem também gaiolas próprias para papagaios e para canários (este último tipo é conhecido como "gaiola argentina" e tem 63 cm de comprimento, 32 cm de altura e 27 cm de fundo).

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Dependendo muito mais da utilização do que do tamanho, as gaiolas recebem nomes especiais: de adorno, avoadeiras e de criação.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Acessórios para gaiolas
Além de poleiros, ninhos e folhagens artificiais, as gaiolas devem ter os seguintes acessórios:

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Comedouros-bebedouros externos: usados apenas para alimentos secos, podem também servir de bebedouro. Devem ter a tampa removível para facilitar a limpeza.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Bebedouros externos: encontrados em vários tamanhos. Por terem a boca pequena são muito usados para se colocar a solução de néctar.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Comedouros e bebedouros internos: alguns comedouros e bebedouros são específicos para gaiolas de arame. Outros podem ser usados em qualquer tipo de gaiola ou viveiro. Os modelos fechados são adequados para pássaros que gostam de ciscar e esparramar alimentos.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Porta-vitaminas: são pequenos recipientes fixados externamente, específicos para ração de criação.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Banheiras: são feitas de barro, louça ou plástico. Não devem ser muito fundas, caso contrário os pássaros não irão tomar banho. Podem ser usadas como comedouro de frutas ou papas.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Saias para gaiolas: são usadas para evitar que a sujeira caia fora da gaiola.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Como limpar a gaiola
http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Manter a gaiola limpa é a ordem principal para proporcionar à ave uma vida saudável.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Os itens necessários para a limpeza são: escova, espátula, escovilhão (para os bebedouros), esponja, luvas de borracha, detergente e desinfetante.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Limpe diariamente o fundo da gaiola e faça a troca de jornal.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Uma vez por semana faça uma limpeza mais completa, desinfetando desde à armação aos recipientes.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Depois lave e desinfete os tabuleiros, o bebedouro e a própria gaiola.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg No fim, passe tudo por água limpa e fresca para evitar que fiquem resíduos dos detergentes (certifique-se também que estes não contêm elementos nocivos para as aves).

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Atenção: Durante a limpeza, mantenha a ave em outra gaiola.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Como pegar a ave
http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg O primeiro contato com uma ave pode ser um pouco difícil.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Ao tentar pegá-la, ela se mostrará assustada e tentará bicar.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Para pegar numa ave pequena, espere que ela pouse, baixe a mão sobre ela calmamente e envolva as asas com a palma colocando o pescoço entre os seus dedos.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Deste modo, a ave se sentirá mais segura e evitará lesões. Em aves de maior porte, como papagaios, o recomendável é usar as duas mãos e que estas estejam sempre protegidas com luvas grossas.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Se ela tentar dar bicadas é porque se sente apertada. Neste caso bastará aliviar um pouco a pressão das duas mãos para que a ave se acalme.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Como estabelecer contato
http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Durante alguns dias, mantenha a ave sozinha para que ela se habitue ao novo ambiente.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Com calma e paciência, ofereça alimento através das grades.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg No início, é provável que ela rejeite e até tente fugir.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Com cuidado, ponha a mão dentro da gaiola, tentando aos poucos fazer um agrado no pescoço. Quando a ave se sentir confiante, poderá empoleirar-se nos seus dedos.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Em algumas aves, como os papagaios, por exemplo, será possível tirá-las da gaiola e passear, mas faça este treinamento em local totalmente fechado, ou certamente ela tentará fugir.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Faça este treinamento todos os dias.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Como alimentar a ave
http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Além de sementes, grãos, rações, frutas e alimentos vivos, é necessário fornecer aos pássaros outros tipos de alimentos, como verduras, frutas e papas. Muitas sementes nativas devem ser usadas na alimentação dos pássaros.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Nos últimos anos, alguns países estão abolindo a semente de girassol devido o excesso de gordura, que geralmente, provoca inchaço anormal do fígado e outras anomalias.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg A dieta básica das aves está sendo substituída, em muitos países, por grãos de diversas espécies de feijão, molhados poucas horas antes de serem ministrados às aves, para ficarem mais moles.

http://www.organizesuavida.com.br/shop/imagemens1/bullet_artigos.jpg Usam-se também ervilha, grão-de-bico, milho (deixado de molho na água de um dia para outro), milho verde, cenoura, frutas diversas picadas, ração para cães, sementes (alpiste, painço e girassol, de vez em quando), aveia descascada, arroz em casca, verduras, brotos, pinhão etc. Confira, abaixo, as sementes preferidas de cada espécie.

* Canários de cor, de porte e de canto: alpiste, painço, aveia descascada, níger, colza, nabão, linhaça

* Emberezídeos, Fringilídeos, Estrilidídeos e Cardinalídeos: alpiste, painço

* Pintassilgos: alpiste, níger

* Periquitos australianos, tuins, agapórnis e calopsitas: girassol, alpiste, painço, aveia descascada, arroz com casca.

Atenção!

Apanhar passarinhos diretamente da natureza e mantê-los presos é crime ambiental, previsto na Lei 9.605/98. A multa prevista é de R$ 500,00 por ave, podendo chegar a R$ 5 mil se a espécie constar da lista de animais ameaçados de extinção. Nesses casos, o infrator pode ficar preso de seis meses a um ano.
Pela legislação, qualquer pessoa com mais de dezoito anos pode ser um criador legalizado, desde que os passarinhos tenham nascido comprovadamente em cativeiro de um criador registrado no Ibama. (Fonte: Ibama).

 


"Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato."

newsletter

Como organizar a rotina do seu gato

Ninguém é capaz de treinar um gato como se fosse um cachorro, mas estabelecendo certas condutas rotineiras é possível fazer com que ele atenda aos seus chamados prontamente.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gif Nome
Sempre que falar com ele, chame-o pelo nome. Comece chamando-o na hora das refeições e de dormir. Ele com certeza aprenderá a responder.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifAlimentação
Alimente seu gato com regularidade, no mesmo lugar e à mesma hora, todos os dias. Gatos são animais acostumados a rotinas. Tome muito cuidado com a qualidade da ração. Faça algumas experiências para ver qual ele gosta mais. Informe-se com seu veterinário.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifEscovação dos pelos
Os gatos do tipo "pêlo-comprido" precisam ser penteados e escovados todos os dias, à mesma hora. Já os gatos do tipo "pêlo-curto" podem ser penteados de escovados apenas uma vez por semana.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifRecreação
Brincar é essencial para um gato se desenvolver, principalmente se for dos que vivem dentro de casa. Reserve 10 a 15 minutos diários para brincar com ele.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifHigiene
Acostume o seu gatinho desde cedo a usar a bandeja sanitária. Coloque a bandeja com um produto absorvente ( tipo Pipi Cat ) num local sossegado, como a área de serviço por exemplo. Mostre a bandeja para o gatinho colocando-o dentro dela. Instintivamente ele fará as necessidades sem grandes problemas na bandeja sempre que necessário. É importante que o local das necessidades do gato seja bem tranqüilo, e que a bandeja sanitária seja limpa logo após o uso, caso contrário ele fará em outros lugares da casa.

http://www.organizesuavida.com.br/Conteudo/top-dia-a-dia.gifUnhas e estofados
Infelizmente os gatos adoram afiar as unhas em nossos estofados, é um instinto natural. Para que os nossos móveis não acabem em farrapos devemos encontrar objetos que os substituam à altura.

Alguns deles são fáceis e baratos de encontrar, você pode usar um capacho de piaçava daqueles bem duros e cheios de farpas, eles adoram.
Outra opção é um bom tronco de madeira colocado na vertical, mas se por acaso existir a possibilidade de gastar um pouco mais, adquira um daqueles postes de madeira revestidos de tapete, satisfação garantida para os bichanos.

Porém não se surpreenda se um dia, mesmo com todos os cuidados, você encontrar alguns buraquinhos no seu sofá.

 


“Esta matéria pode ser publicada gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que citada a fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.
Se desejar publicar artigos e informações exclusivas entre em contato.”

newsletter

Como se organizar para ter um cão

Sonhando em ter um cachorrinho de estimação? Há várias raças, cada uma com características diferentes. Mas antes de se decidir entre um deles lembre-se de uma coisa: os animais não são objetos dos quais podemos nos desfazer pelo simples mudar de gosto ou idéia. Chegam tomando espaço na casa inteira e também em nosso coração. Prepare-se para recebê-los sem se arrepender depois.

 
Brinquedos
Adquira todos os itens necessários antes de trazer seu filhote para casa. 
Ele vai querer brincar com sapatos, meias, poltronas, portas e qualquer outra coisa que possa mordiscar. 
Por volta dos seis meses é importante que você compre brinquedos próprios para este fim, já que os dentes definitivos começam a nascer.
 
Certifique-se que o brinquedo não seja de material sintético, não tenha partes metálicas e que tenha tamanho apropriado.
 
Tigela de comida
Preste atenção também na escolha da tigela de comida. 
Se ela for muito pequena seu cão não vai conseguir abrir a boca totalmente para se alimentar, terminando por virar a tigela e espalhar a ração no chão. 
As tigelas devem sempre ficar a altura do peito de seu animal para maior conforto então, à medida que ele cresce, ela deve ser suspensa do chão, evitando que seu bichinho engula ar enquanto come (aerofagia). As pet shops estão equipadas com mesas apropriadas para todos os tipos de portes de cães.
 
Área de dormir
Na hora de escolher um lugar para seu cãozinho dormir, dê preferência a locais onde ele possa se refugiar quando houver visitas em casa, quando estiver doente ou quando alguma criança o estiver perturbando. 
A área de serviço do apartamento – ou a lavanderia da casa – é o espaço mais adequado para hospedá-lo nos primeiros três meses, até que comece a se ambientar. 
Se a porta da cozinha ficar permanentemente aberta, apele para um portãozinho. 
 
Cama
Quanto à cama, evite as feitas com vime, pois eles podem roê-las e acabar engolindo farpas e fragmentos perigosos para o trato digestivo. 
Evite também as de náilon e plástico flexível, pois podem ser tóxicas. 
Procure as feitas de tecido a base de algodão ou outras fibras naturais que sejam laváveis e sem botões que possam ser engolidos. 
Camas de fibra ou plástico endurecido também são boas opções para seu cãozinho, pois são facilmente laváveis. Para torná-las mais confortáveis, use uma manta ou cobertor feito de algodão. O tamanho deve ser adequado à raça e não esqueça que os cães dormem encolhidos. 
 
Casas
As casas de fibra são as melhores opções, pois são facilmente laváveis. 
As que são feitas de madeira trazem muitos problemas: facilitam a proliferação de pulgas e carrapatos nas frestas, absorvem umidade e urina e duram menos do que as de fibra sintética. 
Se preferir acomodar seu cão dentro de uma casinha no quintal, procure o material adequado.
 
Organize-se
Antes mesmo de adotar um cachorrinho, procure definir algumas tarefas entre as pessoas da casa.
Quem vai cuidar da sua alimentação? Quem vai cuidar da higiene? Quem vai levá-lo para passear?
 
Segurança
Verifique na sua residência se existe algum fio elétrico solto ou objetos frágeis que possam ser derrubados facilmente. Seu animal doméstico pode causar acidente com eles. Muito cuidado ao guardar materiais de limpeza, pesticidas, raticidas, pois essas substâncias são perigosíssimas. Até mesmo alimentos comuns e plantas podem causar problemas para a saúde do seu cachorro. Medicamentos destinados a seres humanos não devem, em hipótese alguma, ser utilizados para o tratamento de seu animal doméstico. Qualquer substância estranha ao corpo do animal pode ser fatal. Fique sempre atento com o comportamento do seu cão para detectar se ele está doente ou se machucou de alguma forma. Neste caso, leve-o ao veterinário. 
 
DICA
Quando o cachorro fizer xixi dentro de casa, limpe logo com vinagre ou produtos específicos para eliminar o cheiro. Pimenta-do-reino também age como repelente. Não maltrate seu bichinho: esfregar seu nariz no xixi e gritar com ele não adianta nada, só vai apavorá-lo.

newsletter